Finanças Pessoais Equilibradas

Ninguém vive sem dinheiro, FATO! 

consumo Finanças Pessoais Equilibradas

O mau uso do dinheiro ou a falta dele é que pode ocasionar problemas emocionais que afetam as relações conjugais, produtividade no trabalho e cria um ambiente familiar desequilibrado.

Toda a dinâmica do dia a dia (a casa que você mora, o transporte que você usa ou a comida que você come) é movida por dinheiro e por isso ele deve ser bem administrado.

Uma vida financeira desorganizada pode levar você a desenvolver:

  • Estresse
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Baixa produtividade no trabalho
  • Insônia
  • Problemas conjugais e familiares

consumo Finanças Pessoais Equilibradas

 

A organização financeira não depende de quanto se ganha, mas de como se gasta.

A maioria das pessoas se preocupa em aprender como ganhar dinheiro, mas não em como usá-lo.

É preciso equilibrar o padrão de vida, seja buscando renda extra ou cortando custos para chegar no patamar em que se gasta menos do que se ganha.

Sendo assim, vou indicar 4 Passos para serem seguidos por quem deseja organizar suas finanças de maneira simples, prática e objetiva:

 

1º Passo: Equilibre suas finanças

consumo Finanças Pessoais Equilibradas

  • Não é necessário que as dívidas sejam quitadas de uma só vez.
  • Renegociar ou trocar uma dívida por outra “menor” pode desafogar o orçamento ou ajudá-lo a se livrar dela mais rápido (portabilidade de dívidas entre bancos ou procurar um empréstimo consignado que costumam ser mais baratos).

A meta deve ser gastar menos do que ganha. Torne isso uma LEI.

Temos um post sobre Como se livrar das Dívidas aqui

 

Esse período de ajuste requer disciplina.

Lembre-se que ele é necessário, porém transitório.

 

2º Passo: Defina Organizar as Finanças como uma prioridade em sua vida

consumo Finanças Pessoais Equilibradas

  • Registre todos os seus tipos de gastos. Veja como aqui
  • Preencha todos os valores previstos para o ano todo.
  • Estabeleça um limite para o uso do cartão de crédito. Veja como aqui
  • Acompanhe seus gastos: uma vez ao mês e revise uma vez por semana.

 

3º Passo: Defina “O DIA DO ORÇAMENTO”

consumo Finanças Pessoais Equilibradas

  • Defina um dia do mês para organizar as finanças: Coloque os gastos que surgiram durante aquele mês e corte o que já foi pago.

(Pode ser feita uma revisão semanal, evitando que alguma conta passe despercebida).

  • Procure concentrar as datas de pagamento no máximo uma semana após a data de recebimento.

Para autônomos, defina uma data e evite colocar despesas da empresa na semana de pagamentos  das contas pessoais.

  • PLANILHA DE CONTROLE MENSAL (pode ser em caderno, agenda, planilha eletrônica, aplicativo no celular)  Temos no blog essa aqui.
  • PLANILHA DE PLANEJAMENTO ANUAL (será construída a partir da planilha de controle mensal. A que indiquei acima já possibilita esse controle também).

 

4º Passo: Aprenda como usar seu dinheiro

 

consumo Finanças Pessoais Equilibradas

 

Antes de tomar qualquer decisão, assente-se com calma, anote tudo o que irá precisar e gastar, faça os cálculos e só depois tome sua direção de como irá fazer.

Esse passo é interessante porque indica que você precisa buscar alternativas em todas as áreas de sua vida.

Equilibrar as finanças vai além de simplesmente fazer contas e cortar gastos. Envolve mudanças na dinâmica do seu dia a dia. Veja:

  • Pesquise como fazer marmita e levar para o trabalho: assim você economizará em seu gasto com alimentação.
  • Pesquise como montar um guarda roupa eficiente: isso trará economia na compra de novas roupas.
  • Pesquise opções de lazer ao ar livre ou gastando pouco: Economize aproveitando mais suas casa ou ambientes públicos.

 

Busque informações de como usar melhor seu dinheiro em livros, videos, blogs e Redes Sociais. Estamos no Instagram e no Pinterest com dicas frequentes.

Continue acompanhando aqui no Blog informações práticas sobre Finanças Pessoais.

Siga esses passos e incorpore novos hábitos que irão fazer você mudar de vida.

Gostou? Compartilhe estas dicas com seus amigos e ajude-os a colocarem as suas finanças em dia também. Ah… E não esqueça de deixar seu comentário. Ficarei muito feliz em responder. Abraço!

MARTA REIS, ECONOMISTA

 

 

Economista. Palestras sobre Educação Financeira e Finanças Pessoais. Orientação em Finanças Pessoais com linguagem prática e simples.