Dicas práticas: Como adquirir a casa própria

Adquirir a Casa Própria em passos simples e práticos

casa_propria_dica_de_bolso-300x146 Adquirir a Casa Própria em passos simples e práticos

 

Planejamento: Olhar para o futuro baseado em informações presentes.

Antes de ver os passos práticos que podem lhe guiar a conquistar a tão sonha Casa Própria, é preciso observar e refletir em toda a maneira como você lida com o dinheiro.

Anotar os gastos realizados, definir limites e onde irá utilizar seus recursos, são tarefas fundamentais para determinar e alcançar seus Objetivos Financeiros:

  1. Anote todas as suas despesas em local próprio, de maneira contínua e organizada – Pode ser em planilha eletrônica, aplicativo em celular ou mesmo em um caderno separado para esse fim. Veja como aqui.
  2. Defina limites das suas despesas: Máximo que podes pagar de cartão de crédito por mês (veja como aqui), valor limite de gasto com o carro, com lazer e alimentação fora de casa, economizar no supermercado, são alguns exemplos.
  3. Defina seus Objetivos Financeiros: Escreva qual o objetivo, o valor que ele custa, quanto pode poupar por mês e o prazo para alcançá-lo. Veja como aqui.

 

Agora é preciso classificar seus Objetivos por valor e prazo necessário para alcançá-los. Como nossos desejos são ilimitados, porém os recursos escassos, veja exemplos de viagens que se comportam diferente no orçamento de uma pessoa que ganhe R$2.500,00/mês:

Baixo custo e curto prazo (Ex: Viagem de final de semana para uma cidade praiana próxima a sua residência no valor de R$ 800,00.

Médio custo e médio prazo (Viagem de uma semana para uma cidade turística em alta temporada com hospedagem, alimentação e transporte mediano: R$ 5.000,00.

Alto custo e longo prazo: Intercambio em de 1 mês: No mínimo R$ 15.000,00.

 

* Os valores são apenas exemplificativos para que se compare o objetivo VIAGEM em três diferentes cenários.

 

  • No primeiro exemplo, essa pessoa, conseguindo poupar R$ 200,00/mês, alcança seu objetivo em 4 meses.
  • No entanto, para alcançar os outros 2 objetivos, juntando os mesmos R$ 200,00/mês, demoraria mais de 2 anos para a viagem a praia e mais de 6 para o intercâmbio.

Conclusão: O seu esforço em poupar deve ser proporcional ao tamanho do seu objetivo. Se ele é mais caro e você não deseja passar anos para alcançá-lo, tenha disciplina e foco na economia dos gastos diários para que sobre mais dinheiro para você poupar.

Até aqui, acredito que você não viu nenhuma novidade. Apenas continhas básicas.

Vamos agora para algo mais complexo que envolve muito mais do que desejo, pois é também uma necessidade.

O primeiro sonho que aparece na lista dos brasileiros:

A Casa Própria.

casa_propria_dica_de_bolso-300x146 Adquirir a Casa Própria em passos simples e práticos

Para comprar a casa própria, a realidade da maioria dos brasileiros é adquirir um financiamento (Ao contrário do empréstimo, os recursos do financiamento precisam necessariamente ser investidos do modo acordado em contrato).

O ideal seria conseguir juntar primeiro o dinheiro e depois comprar o bem. Mas a aquisição não está ligada apenas a questões racionais.

Ela está ligada ao sonho, a emoção de está pagando algo que um dia será seu (diferente do pagamento de um aluguel), está atrelada a independência de ter o seu cantinho.

Vamos listar alguns passos para quem deseja adquirir um imóvel, mas não tem a possibilidade de fazê-lo à vista:

  1. Consórcio ou Financiamento?

Leia esse post e veja algumas dicas para te ajudar a escolher entre esses dois.

Simule consórcios: Pesquise quanto precisaria dar de lance para adquirir o crédito sem ter que esperar pela sorte. Compare a taxa de administração total com a taxa de juros total em um financiamento.

  1. Junte o quanto puder antes de financiar ou fazer um consórcio:

Defina um prazo para juntar o que você vai dar de entrada. Para isso, defina também o valor máximo do imóvel que pretende adquirir.

Observe a localização que deseja morar, quais os preços médios, se vai querer casa ou apartamento, se com 2, 3 ou mais quartos. Desenhe o que pretende adquirir com riqueza de detalhes.

 

  1. Compare as condições de financiamento do banco que você já possui banco com outros bancos que possuem linha de crédito imobiliária.

 

Simule no site da caixa ou de outros bancos que oferecem financiamento habitacional, compare as taxas, valor da entrada e prazos.

Ainda que as variáveis como taxa de juros são alteradas ao longo do tempo, você terá uma noção bem aproximada dos valores que precisa e poderá se planejar se maneira mais assertiva.

  1. Pesquise muito: Sites, aplicativos, Redes Sociais

Faça visitas físicas aos locais onde deseja adquirir o imóvel em diferentes horários

Avalie a infraestrutura do local: Condução, escolas, padaria, farmácia. Certifique-se de que no bairro tem o básico do que você irá precisar no dia a dia.

Não se esqueça de pesquisar todos os custos extras envolvidos na transação como taxas e impostos.

  1. Procure assessoria de um corretor associado ao Conselho Regional de Corretores de Imóveis (em Sergipe, o CRECI-SE).

Um profissional qualificado irá direcionar o seu processo de pesquisa e posterior compra do imóvel:

agilizará lista de documentação, agendará visitas, mediará a negociação visando o ganha-ganha (todos saem satisfeitos), entre outros benefícios.

  1. Tenha o pé no chão!

Lembre-se: Sonhar, desejar é ilimitado, nossos recursos são limitados!

Pesquise imóveis que sejam de acordo com o seu padrão de vida: valores que caibam no seu Orçamento.
Após adquiri-lo, você terá custos com mobília, taxa de condomínio, IPTU… Todos esses fatores devem ser levados em consideração antes da compra.

casa_propria_dica_de_bolso-300x146 Adquirir a Casa Própria em passos simples e práticos


Busque informações de como usar melhor seu dinheiro em livros, videos, blogs e Redes Sociais. Estamos no Instagram e no Pinterest com dicas frequentes.

Continue acompanhando aqui no Blog informações práticas sobre Finanças Pessoais.

Siga esses passos e incorpore novos hábitos que irão fazer você mudar de vida.

Gostou? Compartilhe estas dicas com seus amigos e ajude-os a colocarem as suas finanças em dia também. Ah… E não esqueça de deixar seu comentário. Ficarei muito feliz em responder. Abraço!

MARTA REIS, ECONOMISTA

 

Economista. Palestras sobre Educação Financeira e Finanças Pessoais. Orientação em Finanças Pessoais com linguagem prática e simples.